Postagens e repostagens daquilo que merece ser compartilhado: o nosso universo geek.

Videos e Filmes

Desculpas eternas!

Gente boa, tenho que pedir as desculpas mais atrasadas da qual já ouvi falar: minha falta de postagens novas.

Muito infelizmente, apesar de adorar esse blog, estou mega compromissado com a minha faculdade de engenharia. O curso não me deixa tempo de sobra pra jogar vídeo-games, conversar, assistir, ouvir ou me relacionar; não tem jeito, se quiser se formar engenheiro aeroespacial, vai ser assim.

Contudo, ainda que esporadicamente, vou tentar repostar tudo aquilo o que eu achar válido. Existem várias outras páginas dispostas a compartilhar seu material por esse meio.

Espero que vocês não deixem de visitar o MGW e que, ainda melhor, candidatem-se para membros da página! Eu aceito qualquer um que esteja disposto a cobrir essa brecha que eu deixo no blog.

 

tumblr_m8rsenRDZI1qizbpto1_1280

Anúncios

Quem achar que eu mereço, me adiciona!

Pra quem quiser me adicionar ‘como amigo’ em qualquer uma das duas redes online, ficam aì:

Xbox Gamercards


PSN Gamercards


Mis ajudis, pris.

Já há algum tempo desde que coloquei essa enquete para rondar meu site, mas como o movimento aqui mudou muito (da água para a Coca-Cola-gelada-numa-tarde-quente-de-verão-em-Acapulco), acho que as opiniões podem ser diferentes.

  • As estatísticas originais são da época em que o meu blog recebia uma média de 1 visualização diária, hoje, são mais de 60 visitantes todos os dias.
  • Você pode escolher até 3 opções. A intenção é deixar a coisa bem variada mesmo, afinal, você vem aqui pra ler mais de um assunto (provavelmente).
  • Vote consciente. Voto não tem presso, tem consequência. Embora eu prefira ler uma postagem de um assunto menos interessante – por ter votado errado – à ter de aturar um deputado palhaço.

Bom proveito!

Caso tenha alguma sugestão e a queira oferecer, alguma crítica, comentário, pedido, agradecimento:

Leio todos com atenção. Promessa!

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

  • Mais curiosidades sobre o blog:
  1. faço apenas uma postagem por dia. Pode ser alguma coisa simples como uma imagem, vídeo, até uma super resenha ou matéria especial…
  2. Eu SEMPRE aceito críticas e sugestões, principalmente sugestões. Se você acha que seria realmente divertido ver um assunto ou tipo de matéria aqui, uma mudança técnica, ou acredita que alguma coisa a mais poderia ser adicionada à estrutura ou conteúdo do blog, avise-me, por favor! Aliás, preciso de mais ideias para especiais de desenhos antigos, seriados antigos e imagem da vez, se tiver alguma, contate-me no box aí de cima

Bom, era isso. Essa super enquete vai me ajudar pelos próximos meses. Com ela vai ser possível modelar o blog ao seu gosto, deixando  a experiência mais agradável e divertida.

Continue acompanhando e fique ligado nas postagens diárias do My Geek Way.

Flavio Martins.


Momento Two and a Half Men

Me arrependo de não ter acompanhado esse seriado desde que soube que existia, mas estou compensando todo esse tempo perdido dando audiência a todas as temporadas, na sequencia. Fora ser um seriado muito divertido, mostra-se uma produção completa, com personagens marcantes e uma historia cheia de altos e baixos (bastante relacionada ao crescimento do Jake em meio a separação dos seus pais).  Two and a half Men é um seriado que merece muito ser assistido, excelente para distrair em noites nas quais se fica em casa:

 

 

.

.

.

.

.

Flavio Martins.


A posição do meu blog

Sobre o blog 

Antes de criar o MyGeekWay, tive um outro blog, o Gamer’s Bedroom, no entanto, o “GB” não funcionou bem, e teve de ser excluído.  Sem receber muitas visitas – pra ser sincero, na maioria das vezes, tenho mais visitas diariamente no MGW que tinha mensalmente, no Gamer’s Bedroom – o fim do meu primeiro blog foi inevitável. A pergunta que fica é: qual a razão pra falta de visitas?

Antes de criar o MGW, eu parei e pensei: “vou tentar a mesma fórmula da primeira página, eventualmente repetindo o erro, ou vou fazer alguma coisa diferente, que possa (ou não) funcionar?” Não preciso dizer, tomei a segunda opção. Mas aí morava o problema de se fazer uma mudança, o que fazer, o que mudar?

O erro que eu cometi no primeiro blog estava dentro do acerto;  tentei criar uma página com variedades, assuntos variados, mas que interessariam um público específico. Pra mim, essa era uma ideia muito boa (esse foi o acerto), o erro, por outro lado, era não trazer mudanças reais, notáveis de forma individual, em cada uma das minhas postagens.

Vou tentar explicar. Se eu vou fazer uma resenha sobre algum jogo, eu não poderia fazê-lo nos mesmos moldes dos grandes sites, isso não traz leitores, afinal, a credibilidade e formatação de um Gamespot, IGN, e blogs oficiais é imbatível. Não seria concorrência párea. Ainda por cima, a cobertura deles sobre novidades é muito maior que a minha, muito mais profissional, se levar em conta a estrutura que esses sites têm. E foi aí que eu bolei a ideia que salvaria o meu futuro – hoje, atual – blog: opinião própria e diferenciada.

Eu não faço reviews de jogos, eu faço um levantamento das minhas opiniões sobre os jogos; não afirmo nada, digo o que eu acho, dou a minha opinião, e isso é, de alguma forma, um excelente atrativo. Além da sensação de “estar em casa”, o diálogo mais próximo, particular, de jogador para jogador, é mais gostoso de se lido. Quase como uma conversa entre amigo.

Além disso, não é todo dia que nós temos tempo para ler textos grandes (como este aqui), que sites convencionais insistem em publicar. Simplesmente não bate com o tempo hábil da maioria das pessoas. Por isso, na maioria absoluta das vezes, textos curtos, levemente humorados e seguidos de imagens. Várias imagens.

O visual mais colorido, espaçado e pouco poluído, também serve bem para a leitura em dispositivos móveis como tablets e smartphones.

Notas das resenhas

As notas que eu costumo colocar em minhas resenhas não têm, de forma alguma, a intensão de mensurar quesitos específicos dos jogos, como as avaliações mais técnicas (e convencionais) o fazem, são notas da “sensação final” que o jogo me causa. Gráficos de baixíssima qualidade, podem ser facilmente abafados por um enredo cativante. Isso é: “o jogo divertiu quanto? De 0 à 100/100, o quanto ele agradou?”; “Ah, a história era ruim, mas o visual impressionou e isso, hoje em dia, já causa agrado”. Longe de querer condenar o trabalho de alguém, ou definir alguma coisa, mas opinar e por em valores numéricos nessa opinião – mais especificamente, em uma fração não simplificada de 0 à 100/100.

Notícias

Sem volume de notícias, o MGW é restrito a notificar e atualizar você, leitor e amigo, apenas com notícias que provavelmente soem impactantes. Lançamento de vídeo-games, jogos “vendedores de consoles” (aqueles que levantam as vendas dos consoles só por serem lançados) e afins.

Variedade

Não só de vídeo-game um bom geek vive. Séries, desenhos animados, tecnologia e um pouco de ciência sempre rondam nosso mundo. Tudo isso, aqui também.

Por fim, se você chegou até aqui, fico feliz. Isso significa que algum leitor encontrou um blog que vale a pena. Espero que possa atender e, até mesmo, superar as expectativas de quem me visita. Nos próximos dias, vários posts bacanas pra você!

Flavio Martins.


Desenhos Clássicos (parte II): Speed Racer

Continuando a postagem anterior, aqui vai mais uma grande homenagem à um clássico absoluto dos desenhos japoneses:

SPEED RACER

Mais do que uma simples série de desenhos animados dos anos sessenta, Speed Racer marcou jovens de várias partes do mundo de diversas formas diferentes. Amantes de corridas, de carros esportivos e de design automotivo, por exemplo, têm Mach 5 como um dos ícones imortais do automobilismo (mach 5 recebe título de personagem da série). O Zequinha e o Gorducho, com seus carismas ímpares, serviam para dar apelidos aos amigos da escola que se assemelhassem a eles de alguma forma. Em outras palavras: Speed Racer marcou geração.

Você pode parar algum adulto e perguntar: “você conhece tal desenho da sua época?”. Dependendo do desenho em questão, ele pode demorar a responder ou mesmo nem se lembrar de ter visto. Mas se você perguntar sobre Speed Racer, com certeza terá uma resposta na ponta da língua, e mais: ainda vai ouvir mais e mais histórias de como o desenho era bom, engraçado e viciante de se assistir.

Quer matar saudade? Veja o primeiro episódio da série: “Speed Racer: O Grande Projeto”. (dividido em três partes)

Separei uns tópicos bacanas do wikipedia.org para compartilhar com vocês. Espero que gostem:

  • O que é Speed Racer:

Speed Racer Mach Go Go Go (マッハGoGoGo Mahha Gō Gō Gō?) é o nome de um Anime dos anos 1960, criado por Tatsuo Yoshida sobre corridas de automóveis. Speed Racer (nome dado na adaptação Norte Americana do anime, que nunca diz o nome original Go Mifune), um jovem e audaz piloto de corrida de 18 anos, dirige o carro Mach 5, criado por seu pai (Pops Racer) e vive diversas aventuras dentro e fora das corridas. Um produto típico dos anos 1960, é inspirada nos filmes Viva Las Vegas, protagonizado por Elvis Presley e 007 Contra Goldfinger.

O sobrenome Mifune é uma homenagem ao ator japonês Toshiro Mifune, protagonista do filme Os Sete Samurais.

O desenho é muito conhecido pela sua canção tema e pela ótima trilha sonora, que tocava ao fundo e tornava ainda mais emocionantes as corridas em que o piloto Speed participava, sempre repletas de acidentes espetaculares e “golpes sujos” dos participantes, tais como seus mais célebres rivais, a “Equipe Acrobática” e o “Carro Mamute”. As corridas eram em locais inusitados, como selvas, desertos e até uma realizada dentro de um vulcão.

O filme Speed Racer – Filme foi lançado em 9 de Maio de 2008 um filme em Live-action (com atores reais), baseados na história original. Ele é dirigido pelos “irmãos Wachowski”.

  • Personagens:

Speed Racer (Go Mifune)- Está sempre disposto a lutar pela justiça e por seus amigos e sonha em torna-se o Campeão do Mundo.

Corredor X (The Masked Racer) , o corredor mascarado (Racer-X, ou Corredor-X, no Brasil) – Na verdade ele é Rex (Kenichi Mifune), o irmão mais velho de Speed. Certo dia, pegou escondido o carro de corrida de Pops Racer e foi disputar uma prova. Mostrou grande audácia e velocidade ao volante, ultrapassou todos corredores e a alguns metros de distância da linha de chegada, sofreu um acidente. Pops discutiu com Rex, que não queria que seu filho voltasse às pistas, Furioso, Rex fugiu de casa e nunca mais voltou nem deu notícias. Anos mais tarde, reaparece, já como o misterioso Corredor X, mas ninguém sabe sua identidade secreta e tornou-se agente secreto da Interpol.

Gorducho (Kurio Mifune) – o irmão mais novo de Speed, com 7 anos de idade, junto com Zequinha (Chim Chim em inglês, ou Sanpei em japonês), seu macaco de estimação, estão sempre presentes nas aventuras, normalmente escondidos no porta-malas do Mach 5. Sempre aparecem em situações cômicas, mas também como a “arma secreta” de Speed, ajudando-o a se livrar dos apuros, assim como o faz o outro irmão de Speed, o Corredor X.

Trixie (Michi Shimura) – É a namorada de Speed (apesar de nunca tê-lo beijado no desenho), tem 18 anos e faz parte da equipe, pilotando o helicóptero que auxilia Speed quando ele se mete em encrencas.

Pops Racer (Daisuke Mifune)- É o pai de Speed. Mecânico muito talentoso e expert na criação de carros. Após ser demitido de uma grande empresa de corridas, resolveu montar sua própria equipe e efetivar o seu mais audacioso projeto: a construção do Mach 5.

Moms Racer (Aya Mifune) – Ela raramente aparece no anime ou manga e quando aparece possui dialogos limitados.

Sparky (Sabu) – É mecânico faz-tudo da equipe, sempre tentando evitar que Speed se dê mal tomando decisões precipitadas, tanto dentro como fora das pistas, além de ser um dos melhores amigos de Speed.

  • Curiosidades:
  1. O Mach 5 de Speed Racer, originalmente um carro japonês, se inspirou em carros da marca italiana Ferrari, em especial a Ferrari Dino, e na série de desenhos originais o Mach 5 exibia ruidos que se assemelhavam ao motor italiano. Dai concluir-se ser um “Mach 5 Ferrari”,implicitamente falando para não ter de fazer mershindising à marca italiana. Em toda a série apareceram vários Mach 5:
  2. Mach 5-I: é o carro de Speed Racer
  3. Mach 5-II: cópia criada pelo Dr. Nitecoll, e ele usava um dispositivo de raios no lugar do pombo robô e podia voar como o carro voador de Scaramanga em “007 contra o Homem com a pistola de ouro”.No episódio Mach 5 contra Mach 5
  4. Mach 5-III: o Mach 5 ao participar da Corrida Alpina era dotado de aletas (asas) retráteis que faziam com que o Mach 5 saltasse e tivesse estabilidade no vôo
  5. Mach 5-IV: versão de “as novas Aventuras de Speed Racer” o Mach 5 ganha laterais típicas de carro de Fórmula 1 atual e se torna um monoposto
  6. Mach 5-V: na nova série de Speeed Racer, o Mach 5 ganha novo design. lembra carros italianos Ferrari e japoneses como Honda, Mitsubishi e Toyota
  7. Mach 6 É usado por Speed Junior, em Speed Racer: Nova Geração. O desenho passa na Nickelodeon.
  8. No filme Speed Racer o Mach 6 tem o design dos atuais carros da Fórmula 1
  9. Mach 60 Uma imitação do Mach 6
  10. Vários recursos que na época da série eram fantasia no Mach 5, hoje são mais semelhantes à realidade, como os pára-brisas blindados, macaco automático, controle de tração e o joystick entre os bancos que regula o espelho retrovisor externo.
  11. Do visual do Mach 5, lembra a frente tubarão adotada nos carros de Fórmula 1 desde 1991 e muitos superesportivos como o McLaren BMW, McLaren Mercedes AMG, Ferrari F40, F50, Enzo e outros superesportivos.
  12. O volante do Mach 5 atualmente lembra os volantes dos carros de Fórmula 1 onde os pilotos tem o controle de várias funções do carro como Speed faz, e até em vários carros de rua existem comandos de funções no volante facilitando o trabalho do motorista/piloto.
  13. O Carro Mamute também lembra em parte os motorhomes das equipes de Fórmula 1. Lembram as jamantas. Ou seja , Caminhões Trucados, normalmente os caminhões das marcas Iveco da FIAT, Volvo e Mercedes Benz e Scania da Europa e a japonesa Mitsubishi

(Wikipedia.org)

  • Produtos relacionados a série:

http://aikade.com/lego-corrida/7116-lego-speed-racer-a-snake-oiler-8158-0673419103824.html

http://aikade.com/lego-corrida/7113-lego-speed-racer-grand-prix-8161-0673419103817.html

Aguardem os próximos dias, nos quais postarei mais e mais homenagens à esses grandes clássicos da animação!

Sugestões de desenhos e seriados antigos? Contate-me! fac.martins.19@gmail.com; ou pelo facebook: https://www.facebook.com/PRIDEmartins

Flavio Martins.