Postagens e repostagens daquilo que merece ser compartilhado: o nosso universo geek.

Revistas antigas

Já houve um tempo em que a internet não era a principal via para se obter informações e novidades. Não estou falando de nada muito distante, se você parar pra pensar, há 7 ou 8 anos, sempre que queria se informar sobre seus assuntos preferidos, ia à uma banca – e computadores já eram máquinas bastante populares.

Independente da razão pela qual esse habito se extingue, ainda há aqueles que gostam de fazê-lo ou gostariam de voltar a fazê-lo. Enfim…
Animes, por exemplo, já tiveram publicações bastante expressivas entre a garotada, como a Anime>Do. Na época, Love Hina, Dragon Ball, Yu Gi Oh e Pokémon eram capas certas para essa e outras revistas. Sem falar de outras dezenas que eram ilustradas todas as semana com uma imagem da série Dragon Ball.

Mas nem só de animes viviam as crianças da minha época (e alguns anos maisvelhas), vídeo-games, cartoons e cultura infantil também eram temas corriqueiros.

Quem nunca abriu uma D&T Playstation (hoje, Playstation oficial), perdeu parte importante da sua infância. Detonados já foram textos com imagens ilustradas para auxiliar o jogador, nem sempre um vídeo de um adolescente que não sabe falar ao microfone

Gameshark, Multitap, LCD 5″, controles com fio, cabo RCA… Todas essas e outras palavras não saiam da mente dos jogadores da geração PS1-PS2.

Aliás, nunca tive um Gameshark, mas sempre imaginei como seria usar uma máquina de manipulação dessas!

Como ler matérias, ver imagens, descobrir curiosidades sobre KND (Crianças do Bairro), “Du, dudu e Edu”, Pokémon, Digimon, Hantaro, A vaca e o Frango, bob Esponja, Shrek, Madagascar, O Laboratório de Dexter, Jimmy Neutron, Samurai Jack e cia, e, ainda por cima, montar coleções incríveis e que ainda vinham acompanhadas de revistas em quadrinho? Revista Recreio foi um marco na vida de muitas crianças, e essa é a resposta:

Eu tive todas essas revistas a cima e praticamente completei essa – e várias outras – coleção:

Bateu saudade? Saiba que todas essas marcas continuam ativas, vendendo menos que o de costume, mas vendendo. Vá à uma banca de jornais, como nos velhos tempos, escolha duas ou três, aproveite e passe em uma lanchonete, sorveteria ou cafeteria, e coma alguma delícia enquanto as lê.

Por hora, fique com essas revistas para Playtation e ProGamer de época. Quem sabe, você já as leu e está na hora de relembrar! Boa leitura, e continue acessando.

(Encontrou qualquer problema no texto, avise-me!)

Flavio Martins.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s